A loucura me sublima

30
Mar 12

Cansado da mesmice dos mesmos lugares, repenso meus caminhos.
A vida, interessante, parece igual em todos os lugares, mas não é.
A vida em certos lugares é cinza, em outros são milhões de arco-íris entrelaçados colorindo os olhos de cabo a rabo.
Repenso os mesmos lugares, quero fugir deles.
Quero a vida explodindo em cores a ponto de o oceano se confundir com o céu.
Decidido, enfio a viola no saco disposto a cantar em outra freguesia.
Saio à procura dos arco-íris coloridos.
Encontrando-os, vou retirar a viola do saco e fazer lírica serenata à vida mergulhada no infinito das cores.
A vida, a colorida, merece a linda música.
A cinza é parceira da morte...
E eu, na mesmice dos lugares, já a cantei em prosa e verso...
Não tenho mais acordes pra ela.
Pelo menos, por enquanto.

TõeRoberto

Publicado por Antonio Medeiro às 17:03

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
31


Pesquisar
 
Comentários recentes
Gostei muito do texto! Parabéns!
...''Novamente vou partir à procura da felicidade....
"Tu és pó e ao pó "reverteres" Em verdade é só iss...
Meu amigo, se deixar-mos a vida nos levar, poderem...
Gostei do novo visual do blog... E tenho gostado s...
Posts mais comentados
2 comentários
2 comentários
1 cometário
blogs SAPO