A loucura me sublima

01
Dez 11

Quando começou a rebelião dos anjos do bem, eu olhei para dentro de mim mesmo.
Procurei o meu anjo; eu não tinha anjo nenhum dentro de mim.
Apenas uma cicatriz deixada pela alma marcava o meu coração.
Eu era apenas um corpo oco, sem nenhum sinal da moralidade cristã.
Então pensei:
E o meu anjo do mal?
Estará escondido em algum canto do meu corpo com medo da rebelião dos anjos do bem?
Procurei; nada!
Eu também não tinha anjo do mal nenhum habitando o meu corpo.
A rebelião estava nas ruas.
Milhares de anjos do bem carregavam bandeiras falando do fim dos tempos.
Algo deveria ser feito com urgência para purificar as almas enegrecidas pela ganância da humanidade.
Então, pensei comigo:
Se eu não tenho alma nem anjo em meu corpo, por que devo me preocupar com isso?
E consciente de que eu era um ser intocável por qualquer espécie de rebelião de almas e anjos, olhei para a grandeza do universo.
E vi apenas um amontoado de astros misteriosos poluindo o azul tão bonito do infinito.
E os anjos, nas ruas, entoavam os seus  hinos de rebeldia.

TõeRoberto

Publicado por Antonio Medeiro às 22:00

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Pesquisar
 
Comentários recentes
Gostei muito do texto! Parabéns!
...''Novamente vou partir à procura da felicidade....
"Tu és pó e ao pó "reverteres" Em verdade é só iss...
Meu amigo, se deixar-mos a vida nos levar, poderem...
Gostei do novo visual do blog... E tenho gostado s...
Posts mais comentados
2 comentários
2 comentários
1 cometário
blogs SAPO
subscrever feeds