A loucura me sublima

08
Mar 12

De mãos dadas com meus 135 anos, penso no futuro.
Questionam-me, mas o futuro é direito de todos os seres vivos.
Queira ou não queiram, sou um ser vivo.
Seres vivos são vivos, não importa quantos séculos sobrevivam.
Olhos atravessados me vigiam; sentem um quê de ciúme da minha teimosia em sobreviver.
Insisto em mostrar a eles o movimento das pernas, o brilho dos olhos, o som da fala, o ouvido apurado.
Não concordam.
Insistem em cochichar que estou fora do meu tempo...
Que ando a tomar o lugar de, no mínimo, duas pessoas no planeta já tão cheio de gente.
Não importa, vou em frente; devagar, mas sempre em frente.
O futuro, minha meta.
Quando lá chegarem, lá estarei...
Com meu ar de superioridade, comemorando o meu aniversário de 205 anos.
Estão todos convidados...
Mas só os que ainda não nasceram.

TõeRoberto

Publicado por Antonio Medeiro às 23:04

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
31


Pesquisar
 
Comentários recentes
Gostei muito do texto! Parabéns!
...''Novamente vou partir à procura da felicidade....
"Tu és pó e ao pó "reverteres" Em verdade é só iss...
Meu amigo, se deixar-mos a vida nos levar, poderem...
Gostei do novo visual do blog... E tenho gostado s...
Posts mais comentados
2 comentários
2 comentários
1 cometário
blogs SAPO